Moqueca capixaba – delícia de minha terra

dezembro 27, 2007 at 11:39 pm 3 comentários

moqueca-e-cia_prato_1.jpg
Como sou capixaba, fui recentemente indagado do porquê ainda não escrevo nada de minha querida terra nesse blog. O Estado do Espírito Santo possui uma culinária muito rica. Vem de uma miscigenação de culturas indígena, negra, européia. Falarei da, famosa internacionalmente, moqueca capixaba. Prato mais conhecido da culinária do Espírito Santo. O nome “moqueca” designa um estilo de preparar o alimento que consiste no cozimento sem água, apenas com os vegetais e frutos do mar e, ao contrário da moqueca baiana, a capixaba não recebe azeite de dendê e nem leite de coco.
brasil-espirito-santo.jpg
Confira uma receita de Moqueca Capixaba. Um dos pratos mais famosos de meu estado.
(para 6 pessoas)
Ingredientes
1,5kg de peixe fresco (robalo, badejo, papa-terra, ou namorado)
3 maços de coentro
3 maços de cebolinha verde
2 cebolas brancas (pequenas)
3 dentes de alho
4 tomates
3 limões
azeite de oliva
sementes de urucum
pimenta-malagueta
óleo de soja ou algodão
sal fino
Modo de fazer:
Limpe bem o peixe, corte-o em postas de 5cm de largura, lave com limão e deixe-o em uma vasilha com água de sal fraca. Separe a cabeça para preparo do pirão.
Soque juntos o alho e o sal.
Em uma panela de barro (grande), coloque um pouco de óleo de soja ou de algodão (duas colheres) e azeite de oliva (uma colher) e adicione a massa obtida no socador, passando-a no seu fundo.
Retire as postas de peixe da vasilha com água e sal. Vire as postas de um lado para outro na panela, arrumando de modo que não fiquem umas por cima das outras.
Corte o coentro, o tomate e a cebola e coloque nesta ordem por cima das postas de peixe que estão na panela. Regue com azeite e suco de limão.
moqueca_humberto_capai_pmv.jpg

À parte, frite em um pouco de óleo quente uma colher (sopa) de sementes de urucum, depois de fritas, retire-as. Na hora de levar ao fogo para cozinhar, despeje um pouco deste óleo por cima do peixe, para dar cor. Quando começar a abrir a fervura, verifique o sal. Não ponha água, não vire as postas e cozinhe com a panela bem tampada. Vá verificando o paladar do sal e do limão. Deixe no fogo forte por 20 a 25 minutos. Balance de vez em quando a panela com auxilio de um pedaço de pano grosso para que as postas de peixe não agarrem no fundo. Quando for à mesa, salpique coentro picadinho.
Como complementos da moqueca capixaba, são indispensáveis o arroz branco, o pirão e o molho. Vamos ao preparo:
Pirão
Use os mesmos temperos da moqueca, reduzindo-os à metade. Aproveite a cabeça do peixe ou uma das postas, previamente separada para este fim. Proceda da mesma forma, desta vez adicionando de três a quatro copos de água ao peixe. Quando estiver cozido, escorra e o desfie. Junte o peixe ao caldo novamente, deixe ferver e quando estiver no ponto máximo de fervura, vá jogando a farinha de mandioca, lentamente para não embolar, mexendo aos poucos com um garfo. Pronto o pirão, corte o coentro, e espalhe por cima antes de servir.
Molho
Amasse seis pimentas-malaguetas no suco de dois limões e três colheres de vinagre de boa categoria. Corte uma cebola em fatias bem finas, fazendo o mesmo com o coentro e as cebolinhas, misturando tudo à medida que for regando com o azeite. Se o molho ficar muito picante, coloque um pouco de água.
Fonte: Governo do Estado do Espírito Santo

Assita a este vídeo que mostra uma receita de moqueca capixaba:
Por favor!
Experimentem!
É uma delícia!
Anúncios

Entry filed under: Alimentação, Almoço, Capixaba, Comer, Cozinha, Culinária, Cultura, Espírito Santo, Receita, Vila Velha, Vitória. Tags: , , , , , , , , , , , , .

Natal: a festa da comilança Banana – Alimento perfeito para atletas

3 Comentários Add your own

  • 1. Danielly  |  julho 14, 2008 às 12:06 am

    Você me deu uma grande ajuda para um trabalho que estou fazendo sobre a cultura do Espírito Santo.
    Parabêns, o seu blog está ótimo!

    Responder
  • 2. Lis  |  novembro 25, 2008 às 3:46 pm

    mininu seu blog ta ,mt importante to procurando sobre moqueca capixaba e o seu aparece logo nas primeiras referencias só vi q era sue blog depois q entrei.
    meu parabens thiago!

    Responder
  • 3. PEDRO FEBRÔNIO  |  agosto 22, 2009 às 7:19 pm

    Grato por adicionar meu VT da moqueca emk seu trabalho. Gosto de culinária capixaba, estive por longos finais de ano passando férias com amigos desta terra maravilhosa em especial OSwaldo Baldwiin um dos maiores escaladores e Marcos Palhares /assistente. Tenho mais dois vídeos de peixe capixaba mas ainda não pude editar. Estou em trabalhos focados em artes visuais. Gostei do seu site. ABRS – Pedro Febrônio

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Calendário

dezembro 2007
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Posts anteriores

Estatísticas

  • 1,402,583 Visitas

Visitantes agora no blog

counter

Page Rank

PageRank

Categorias


%d blogueiros gostam disto: