Posts filed under ‘Pai’

Hora do recreio – Hora de comer bem

É indiscutível a importância da alimentação das crianças. O que é bem discutível é a qualidade desse alimento consumido pelos jovens, principalmente nas escolas, longe dos olhares dos pais.
Assista a essa excelente entrevista do Pediatra Juarez Furtado sobre o tema:


Posts anteriores relacionados:
Biscoito recheado – amado inimigo
Infância: obesidade e desnutrição

Anúncios

maio 4, 2008 at 2:17 pm 4 comentários

Biscoito recheado – amado inimigo

Biscoito criança
Mãe, pai!
Cadê meu biscoito recheado?
Se você costumeiramente ouve essa pergunta de seu filho, nas mais diversas e impróprias horas, como: na hora do almoço, na hora de preparar o lanche da escola, ou da tarde, enfim, na hora de comer, não se assuste. Você não é o único.
Dados biscoito

Crianças amam biscoitos recheados. Tudo bem, admito que eu também não resisto a um biscoitinho, mas devemos ter a consciência de que esse alimento pode fazer muito mal a nossa saúde. Em geral, eles tem gordura em excesso, tanto saturada, quanto trans.

Biscoito frutas

Não faz mal comer biscoitos recheados, desde que, de forma não excessiva.

Biscoito recheado

Fonte: Proteste
Posts anteriores relacionados:
Alimente-se de forma consciente
Gorduras: comer ou não comer?
Infância: obesidade e desnutrição

abril 3, 2008 at 3:36 am 11 comentários

Arroz, feijão e tijolo: grávidas e seus desejos

Tijolo

A cena é mais do que clássica e, por que não, esperada por todos os futuros papais. A mulher, grávida, no meio da madrugada acorda com mais uma crise-chilique. E, mais uma vez, o marido pergunta o que ela deseja dessa vez. Os pedidos mais inesperados e absurdos podem sair daquela boca, “estou com fome, quero comer um tijolo!”. Os desejos de uma grávida atormentam a vida de qualquer futuro papai. Imagine, as duas da madrugada, ter que conseguir uma lajota para saciar a fome de sua amada.
Assista a um engraçadíssimo vídeo que trata dos desejos de uma grávida:

Uma grávida, às vezes, tem seus desejos substituídos por repulsa a alimentos que antes da gravidez ela era viciada. Há casos de mulheres que não vivam sem umas xicarazinhas de café, mas que depois de engravidarem tomaram total repulsa pela bebida.
Muito dos desejos das mulheres grávidas são na verdade uma forma de extravasar suas necessidades emotivas, por exemplo, tentando chamar um pouco de atenção e carinho a mais. Se a mulher gestante e o pai da criança conseguirem perceber essa necessidade tão natural nesta fase, é muito mais fácil satisfazê-la com um pouco de aconchego romantico e tranquilo a dois, do que uma procura desesperada no meio da noite por alguma comida exótica.

Grávida

 

No entanto, há médicos que explicam o fenômeno como carências do organismo traduzidas em desejos específicos, ainda que estranhos. O desejo de comer barro, por exemplo, seria devido à anemia, carência de ferro, especulam.
Uma coisa eu garanto, nenhuma criança vai nascer com cara de nenhum objeto se a mãe não comer o que quiser!

Posts anteriores relacionados:
Café: o vício do brasileiro
Alimentação e saúde
Frutas: a sobremesa perfeita

novembro 21, 2007 at 11:55 pm 7 comentários


Calendário

setembro 2017
S T Q Q S S D
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Posts anteriores

Estatísticas

  • 1,405,939 Visitas

Visitantes agora no blog

counter

Page Rank

PageRank

Categorias