Posts filed under ‘Discriminação’

Inflação na alimentação

Posts anteriores relacionados:
Política: modo de fazer
Uma nova bandeira do Brasil
Milagre da multiplicação

julho 19, 2008 at 3:15 pm Deixe um comentário

Thin – Documentário sobre anorexia

Thin” é um documentário que fornece uma janela para o complicado e difícil processo de tratamento, a cultura da reabilitação e a experiência de lutar contra uma desordem alimentar.

O resultado é uma jornada emocional rica em experiências que permite um maior entendimento da complexidade das desordens alimentares: que elas não são simplesmente sobre comida, imagem corporal ou auto-estima; mas um emaranhado de razões pessoais, familiares, culturais e de saúde mental.
Thin revela os rostos e as histórias por trás das estatísticas dessa crescente desordem através de depoimentos pessoais de 19 residentes de diversas idades e experiências de vida, registros jornalísticos e ensaios de especialistas na área dos distúrbios alimentares.
Título: “Thin” (“magra”)
Diretora: Lauren Greenfield
Assista a esse excelente documentário:
Primeira parte:

Segunda parte:

Terceira parte:

Quarta parte:

Quinta parte:

Sexta parte:

Sétima parte:

Oitava parte:

Nona parte:

Décima parte:

Décima primeira parte:

Décima segunda parte:

Décima terceira parte:

Última parte:

 

Fonte: Site oficial Thin

Posts anteriores relacionados:
Anorexia
Regime drástico
Alimentação e beleza
Hora do recreio – Hora de comer bem

julho 3, 2008 at 5:18 pm 5 comentários

Conheça a sua carne – Meet your meat

Assista ao ótimo documentário feito por pessoas que não que são contra o consumo de carne e seus derivados.
Há cenas muito chocantes!
“Depois de ver com seus próprios olhos o cruel processo de criação de animais para virarem comida, você entenderá por que milhões de pessoas decidiram deixar a carne fora de seus pratos. Para sempre.”
Parte 1

Parte 2

Posts anteriores relacionados:
Alimente-se de forma consciente
Sedução vegetariana
Canibalismo
Vegetarianos

junho 16, 2008 at 12:45 am 1 comentário

Culinária afro-brasileira

baiana_de_acaraje.jpg
Você conhece coisa mais gostosa que a comida brasileira?
A mistura das tradições indígenas, européias e africanas nos deu uma variedade incontável de delícias para se esbaldar. Sei da importância dos índios e europeus na culinária, mas uma das contribuições mais importantes aos nossos hábitos alimentares, foi aquela que veio da África, trazida pelos escravos. Se os comerciantes de escravos traziam as especiarias, os escravos traziam na memória os usos e os gostos de sua terra. Era aí que estava o segredo.
Assista ao vídeo do restaurante Mama áfrica, que trabalha com culinária afro-brasileira:

Os escravos não tinham uma alimentação farta. Comiam os restos que os seus senhores lhes destinavam. Os ingredientes nobres, o preparo requintado e as maneiras européias à mesa aconteciam na casa grande. Enquanto isso, a cozinha negra se desenvolvia na senzala, em tachos de ferro.
Feijoada

Hoje em dia, os pratos e os temperos da cozinha negra fazem parte da nossa alimentação. São saboreados no dia-a-dia e também nas festas populares. Os caldos, extraídos dos alimentos assados, misturados com farinha de mandioca (o pirão) ou com farinha de milho (o angu), são uma herança dos africanos. O azeite de dendê também foi um dos ingredientes mais importantes da culinária negra. É ele que dá a cor, o sabor e o aroma de tantas receitas deliciosas como o caruru, o vatapá e o acarajé.

Azeite de dende
Para terminar, não se posso deixar de mencionar um dos pratos favoritos do país, e meu: a feijoada. Enquanto as melhores carnes iam para a mesa dos senhores, os escravos ficavam com as sobras: pés e orelhas de porco, lingüiça, carne-seca, eram misturados com feijão e cozidos num grande caldeirão.
Escravos
E viva a África!
Posts anteriores relacionados:
Feijão com arroz
Alimente-se com economia
Cachaça: mais dois dedos de cultura

fevereiro 20, 2008 at 12:41 am 51 comentários

Mulheres chefs

 

Mulher chaf

Que as cozinhas dos grandes restaurantes pelo mundo são dominadas pelos grandes chefs, isso é mais do que notório. E, que esse chefs são de sexo masculino, isso é quase que uma regra.
As desculpas para toda essa exclusão são diversas e sempre infundadas: a mulher não tem a aptidão física para a atividade de chef; alguém tinha que cuidar da casa e da educação das criaças e as mesmas não tinham a habilidade para gerenciar grandes cozinhas com uma infinidade de sous-chefs e ajudantes.

 

cozinha mulher

No entanto, essa realidade tem se alterado. As mulheres estão deixando de ser apenas os chefs de nossos lares, a chef mamãe, e assumindo a cozinha de grandes restaurantes pelo mundo. Estão lutando e conseguindo seu lugar de direito em também serem chefs!

Conheça as grandes chefs brasileiras:

Benê Ricardo
Carla Pernambuco
Dona Lucinha Nunes
Elzinha Nunes
Helô Monteiro
Mara Salles
Morena Leite
Silvia Percussi
Tatiana Szeles
É, foi-se o tempo em que os homens costumavam dizer: “minha mãe é a cozinheira, mas eu sou o chef”. Elas chegaram lá com direito adquirido!

Mulher cozinhando

Posts anteriores relacionados:
Homem na cozinha: o moderno piloto de fogão
Culinária na televisão: o espetáculo que nos faz babar

novembro 28, 2007 at 11:32 pm 2 comentários

Chá de cogumelos: viaje com os fungos

Chá de cogumelo

Quer viajar? É, é dessa viagem mesmo que você acabou de pensar que estamos falando.
Por que não utilizar elementos da natureza para isso? Vamos lá!
Uma boa dica é preparar um chazinho de cogumelos. O preparo é bem simples e não leva muito tempo. Mas, o chá não deve ser preparado com qualquer cogumelo, pode-se utilizar os das espécies Psilocybe e Amanita. As substâncias psicoativas extraídas desses fungos alucinógenos garantem a sua viagem!

Cogumelos

Mas aí vem a grande pergunta. Como se faz chá de cogumelos?
Para sua satisfação, segue abaixo uma receita de chá de cogumelos:
Há pessoas que tomam o cogumelo com vinho, mas vinho é um luxo. No entanto, vamos pelo mais fácil, com água mesmo. O gosto não é lá muito agradável de qualquer maneira, mas o efeito é incomparável.
Ferva no mínimo 40 e no máximo 60 cogumelos por litro de vinho – ou água. Tome um copo americano que é o suficiente:
1 copo desses de requeijão. Vazio, evidente.
1 litro de água (ou vinho)
40 a 60 cogumelos frescos
Coloque tudo numa panela, cozinhe até ferver.
Só beba o líquido. Não vá se empolgar e comer o cogumelo.
Boa viagem!
Assista a vídeos do músico Ventania, que compôs sobre o tema chá de cogumelos:
Cogumelo azul:

Eu quero chá de cogumelos:

novembro 19, 2007 at 6:50 pm 208 comentários

Vegetarianos

 

Moto vegetariana

Feche seus olhos. Imagine um mundo onde sem os deliciosos pratos que são preparados com carne. Imaginou? Eu, sinceramente, não! Para mim é algo inimaginável, mas para muitos seria a visão do paraíso. Os vegetarianos estão entre nós, e devemos saber reconhece-los para não passar por situações desagradáveis, como levar um fora de uma mulher por convidá-la para ir a uma churrascaria sem saber que ela é vegetariana.

 

Prato vegetariano

O vegetariano, pessoa que elimina de seu cardápio o consumo de carne, faz essa opção por diversos fatores, que vão, desde a escolha por uma vida mais saudável, até por compaixão pelos animais.
Há inúmeros benefícios para quem opta por esse estilo de dieta, tais como: controle de peso, redução do risco de doença do coração, melhora a disposição física e energia e muitas outras vantagens. No entanto, infelizmente, eu não consigo viver sem minha amada carne. É um amor muito forte!

 

Assita ao vídeo “Razões para ser vegetariano”:

 

O vegetarianismo se classifica em mais de uma subdivisão, que é determinada de acordo com o grau de restrição ao consumo de alimentos:
– Ovo-lacto-vegetarianos são pessoas que consomem ovos, leite e derivados.
– Lacto-vegetarianos consomem leite e derivados.
– Vegans ou vegetarinos puros não consomem nenhum produto que tenha origem animal. E isso se estende as roupas, pois, se negam a usar peças de lã, couro ou cosméticos que contenham ligações com animais.

 

Humanos venda

Posts anteriores relacionados:

Alimentação e saúde

Ensopado de cachorro

Frutas: a sobremesa perfeita

novembro 16, 2007 at 4:24 am 14 comentários

Posts antigos


Calendário

maio 2017
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Posts anteriores

Estatísticas

  • 1,398,570 Visitas

Visitantes agora no blog

counter

Page Rank

PageRank

Categorias